Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

[ASN] Itapetinga, BA… [ASN] Os adventistas do Sudoeste Baiano se reuniram em Itapetinga no sábado, 17 de maio, para realizar uma caminhada com cartazes, faixas e distribuição de folhetos nas principais ruas da cidade sobre o projeto Quebrando o Silêncio, que neste ano busca combater o turismo sexual.

O Centro de Referência da Mulher (CRM) foi um dos apoiadores da campanha. A entidade recebe mensalmente centenas de denúncias de mulheres que são agredidas fisicamente, psicologicamente e socialmente. Dentre os três, as agressões físicas são a maioria. Por isso, a organização do CRM abraçou a campanha da Igreja para juntos lutarem contra a violência.

Outra parceria realizada foi com o presidente do sindicato rural de Itapetinga, Adriano Alcântara. Ele realiza a maior exposição de agropecuária da Bahia, e neste ano, na entrada do evento, os participantes receberam folhetos com orientações sobre o Quebrando o Silêncio.

A doméstica Dilma de Jesus Santos acompanhou a caminhada, recebeu o seu folheto e diz que o papel de conscientização é muito importante para que as pessoas não tenham medo de falar. “Somente com denúncia é que a violência pode acabar e as pessoas que sofrem com isso podem voltar a viver com alegria”, afirma.

Estiveram presentes líderes do Ministério da Mulher da Igreja Adventista do Sudoeste baiano e do Estado da Bahia e Sergipe, Gilza Torres e Joelma do vale, respectivamente. Também compareceram a primeira dama de Itapetinga, Cida Moura, e a vereadora Neide Cerqueira. [Equipe ASN, Priscila Martins]


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •