Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ex-defensor da família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o advogado Frederick Wassef recebeu R$ 9 milhões da empresa JBS, segundo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) obtido pela revista Crusoé.

O relatório foi enviado ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), que investiga o fato de o ex-policial militar Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), ter sido achado na casa de Wassef, em Atibaia (SP).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •