Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Bruno Fernandes das Dores de Souza, o goleiro Bruno, assinou no início da tarde desta sexta-feira um contrato de cinco anos com o Montes Claros, time da segunda divisão de Minas Gerais. O vínculo foi sacramentado dentro da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, região central do estado, onde o jogador cumpre pena de 22 anos e três meses pelo assassinato de Eliza Samúdio.

"Assinou, sim, e agora estou aqui na Federação Mineira para registrar o contrato", disse o advogado do ex-goleiro de Atlético Mineiro, Corinthians e Flamengo, Tiago Lenoir.

No entanto, o contrato assinado não garante que Bruno, de 29 anos, passe a jogar imediatamente. Primeiro, ele terá que esperar a decisão da Justiça sobre o pedido de sua defesa para que seja transferido para a cidade de Montes Claros.

Bruno está preso desde junho de 2010, e segundo o jornal "O Tempo", primeiro a dar a notícia de que o contrato com a equipe mineira seria assinado nesta sexta, os dois pedidos de transferência feitos anteriormente (um para Montes Claros e outro para Nova Lima, onde mora a mãe do goleiro), em janeiro, foram negados.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •