Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Folha de S.Paulo – A Alfândega da Alemanha anunciou nesta sexta-feira (2) uma apreensão recorde de 4,5 toneladas de cocaína em um contêiner procedente do Uruguai encontrado no porto de Hamburgo.

“Esta é a apreensão individual de cocaína mais importante já feita na Alemanha”, afirma um comunicado da Alfândega de Hamburgo.

O contêiner, que supostamente tinha grãos de soja, saiu de Montevidéu, no Uruguai, e tinha como destino Antuérpia, na Bélgica.

Os funcionários da Alfândega encontraram 211 malas esportivas, com 4.200 pacotes de cocaína dentro deles. 

Por seu alto teor de pureza, a droga poderia alcançar um valor de revenda nas ruas de 1 bilhão de euros (R$ 4,29 bi), segundo estimativa das autoridades. 

A polícia investiga quem seria o destinatário do contrabando, que foi confiscado e será destruído. 

O porto de Hamburgo é o maior da Alemanha e o terceiro maior da Europa. Segundo levantamento da União Europeia, o porto de Roterdã, na Holanda, é a principal porta de entrada para drogas na Europa, mas o de Hamburgo tem tido um aumento considerável no uso para este fim.

Nos últimos anos, carregamentos com mais de uma tonelada de cocaína foram encontrados em Hamburgo. Ano passado, a polícia destruiu drogas no valor somado de 520 milhões de euros. 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •