Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O deputado federal Alexandre Frota (SP) se pronunciou pela primeira vez desde que foi expulso do PSL por criticar o presidente Jair Bolsonaro. Em mensagem enviada nesta quinta-feira, 15, pelo WhatsApp, Frota disse estar tranquilo e garantiu que retornará para a Câmara já filiado a um novo partido. Ele também divulgou um vídeo em que acusou Bolsonaro de ser hipócrita.

O presidente havia ironizado a expulsão de Frota durante uma entrevista. “Sei nem quem é esse”, disse. No vídeo de quase um minuto, Frota compilou uma série de declarações dadas por Bolsonaro em seu favor. Entre elas está uma filmagem em que Bolsonaro, então candidato a presidente, diz ter o interesse de ver o ex-ator pornô trabalhando como seu ministro da Cultura. Ao final do vídeo, Bolsonaro aparece repetindo a palavra “hipocrisia”.

Frota afirmou que está analisando ofertas feitas por sete partidos. “Tenho DEM, PP, MDB, PSDB, Podemos, PSD e PRB. Todos oficializaram os convites. Estou discutindo espaço e atuação dentro de cada proposta. Mas estou feliz em ter sido convidado por grandes partidos. Resultado do meu trabalho nesse início de mandato”, declarou.

Há quem diga que o PSDB é o favorito para filiar Frota. A VEJA, o líder do partido na Câmara, Carlos Sampaio (SP), declarou ser favorável à chegada do deputado. “Eu não tive nenhuma conversa pessoal com o deputado Frota, mas vejo com muito bons olhos sua possível vinda para a bancada. A atuação dele na Câmara tem sido exemplar, digna de todos os elogios”, afirmou. (veja.com)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •