reprodução/ TV Globo
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Alunos da Escola Municipal Ginásio Medalhista Olímpica Mayra Aguiar da Silva e da Escola Municipal Augusto Vasconcelos, ambas em Campo Grande, no Rio de Janeiro, estão estudando no chão. De acordo com informações do G1, a situação começou na última quarta-feira (30/11/2019), após uma das unidades de ensino ser interditada devido ao grande número de rachaduras na estrutura.

As escolas ficam a poucos metros de distância uma da outra e cerca de 600 alunos da instituição passaram a ter aula na escola Mayra Aguiar da Silva, que não tem estrutura para a quantidade de estudantes.

Segundo relatos dos familiares, o número de salas de aulas e banheiros não são suficientes. Os professores também estão insatisfeitos com a precaridade da situação e funcionários da limpeza não conseguem manter a instalação limpa.

A Secretaria Municipal de Educação vai apurar a situação. “Fiquei indignada com essa situação porque não é essa a orientação da secretaria. Isso não é pratica na nossa rede”, afirmou a secretária Municipal de Educação, Talma Suane. “A gente não permite que nossos alunos tenham esse tipo de cuidado. Queremos que eles tenham boas aulas”, finalizou. (Com Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •