Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Conforme os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Amazonas fechou no mês de Julho com um saldo positivo de 2.974 contratações. O índice calcula a quantidade de trabalhadores admitidos versus o número de trabalhadores demitidos no mesmo período.

Este é o primeiro mês após o início da pandemia, que começou em meados de março,  em que o número de vagas fecha com saldo positivo, demonstrando que o estado do Amazonas efetivamente está retomando a economia e saindo do período de recessão e de grande número de demissões.

Entre os setores que movimentam a economia no estado, os destaques são para a Indústria, que fechou o mês com um saldo positivo de 1.513 vagas; seguido do Comércio, com 804; e fechando com a Construção Civil, que obteve saldo positivo de 557 contratações.

Ao analisar o resultado acumulado do ano, de janeiro a julho de 2020, o saldo ainda é negativo em 12.683 vagas. Porém, o resultado de julho evidencia um corte na curva negativa, passando para um momento de ascendência no número positivo de admissões, o que acena para um período de aquecimento do mercado e retomada das contratações.

Da mesma análise acumulada, percebe-se que o saldo negativo do período é liderado pelo setor de Serviços, com redução de 7.173, seguido do Comércio com redução de 3.684, e da Indústria, com redução de 1.442. O único setor com saldo positivo no acumulado do período é o setor Agropecuário, que, até o momento, no saldo entre os números de admissões e demissões, tem um total positivo de 60 contratações.

De acordo com a secretária executiva do Trabalho e Empreendedorismo, Neila Azrak, historicamente o segundo semestre do ano é mais forte na economia, e a saída da pandemia mostrou que o setor industrial está crescendo, haja vista o número de colocações no setor. “Os preparativos para as vendas de final de ano já começaram, mostrando que o segundo semestre se mostra promissor”, destacou.

O Brasil fechou o mês de julho com 1.043.650 admissões e 912.640 desligamentos, com saldo positivo de 131.010. Na região Norte, foram 53.624 admissões e 40.327 desligamentos, fechando com saldo positivo de 13.297.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •