Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-governador Amazonino Mendes, derrotado por um acanhado apresentador de televisão nas eleições para o governo do Amazonas, em outubro passado, não perdeu a velha mania – complexo fica melhor – de superioridade ou de inferioridade, como explica a psicanálise, para se impor, como se isso adiantasse, como o senhor da sabedoria de todos os amazonense.

Diz que compareceu à reunião da plenária do Podemos, realizada na quinta-feira, 19, para prestigiar o partido e a Assembleia Legislativa; que compareceu à reunião para levar o abraço dele ao povo do Amazonas.

Pura conversa para boi dormir, não é mesmo?

Amazonino, que não se cansou de citar o Podemos em vários trechos da nota distribuída à imprensa local, não sairia no final da tarde de sua bela mansão do Tarumã sem um bom motivo. Claro que não.

Não teria comparecido à plenária do Podemos se não tivesse alinhavado um bom acordo político de olho nas eleições para prefeito de Manaus que se avizinham.

Essa história de tratar políticos como “paladinos” não deixa dúvidas de “que esse santo quer reza”, ou não? Claro que sim.

Amazonino compareceu à plenário do Podemos, fartamente elogiado por ele, porque está sem partido e sem partido não pode disputar a prefeitura de Manaus.

Melhor, então, é deixar de conversa fiada porque todos já conhecem o jeito manhoso enigmático de Amazonino Mendes colocado em prática todas às vezes que está em jogo alguma jogada (o trocadilho é de propósito) política em curso.

 A Plenária

No encontro que discutiu a Preservação da Amazônia e o futuro político do Amazonas, a presidente Nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu (Pode-SP), afirmou que a sigla no Amazonas terá um candidato nas eleições 2020. O anúncio foi feito na Plenária Estadual do Partido para um público de quase 500 pessoas, que ocorreu na noite da quinta-feira (19), no Auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Com a presença de honra do ex-governador Amazonino Mendes, deputados estaduais e membros do Podemos nacional, o presidente no Amazonas da Sigla, deputado estadual Wilker Barreto (Pode-AM), acatou o pedido da presidente nacional e avisou que em breve um nome será divulgado.

“O Podemos está crescendo. Já somos o segundo partido com mais senadores e tem uma bancada forte na câmara federal. Estamos engajados no projeto de fazer um partido sólido e teremos sim um candidato para disputar as eleições. Estamos pensando no futuro, pensando na nossa Zona Franca e na preservação da Amazônia. Hoje posso garantir que temos uma bancada no congresso nacional preocupada com o povo do Norte e o nosso Amazonas”, afirmou Barreto.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •