Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-governador Amazonino Mendes participa nesta quinta-feira (19), como convidado especial, da reunião plenária do Podemos, marcada para às 17 horas no auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Amazonas.

Como assim? Como convidado especial, só e somente só. Será??

Peraí, Amazonino deixaria a pasárgada do Tarumã, no horário preferido por ele para o deleite que tanto ama, ou seja, a leitura de um bom livro de Dostoiévski, seu escritor preferido?

Amazonino tem hábitos e não os deixaria para ouvir os debates amorfos, estéreis produzidos por uma reunião partidária.

Depois, Amazonino está sem partido, pulou fora PDT na semana passada, por falta de convivência com o presidente da sigla no Amazonas, Hissa Abrahão.

Logo, não seria mais coerente que a reunião, que será coordenada pela presidente nacional do partido, deputada federal Renata Abreu, foi convocada única e exclusivamente para filiação partidária do ex-governador?

Claro que sim.

Além dos habituais costumes trazidos de Eirunepé, do seminário de São José, em Coari, da militância estudantil no Colégio D. Pedro II, Amazonino é vaidoso, gosta de surfar na crista da onda – não iria se permitir a bocejos em reunião que não é do seu interesse.

O release do Podemos, liderado no Amazonas pelo deputado estadual Wilker Barreto, não fala disso, mas é possível sim, que, além  da filiação no partido, Amazonino deixe a reunião candidato a prefeito de Manaus.

É esperar para ver.

Partido crescendo

Fundado em 2017, o Podemos se transformou no partido com a segunda maior bancada do Senado, com dez representantes. Com o DNA da coletividade, o partido assume o compromisso de hastear as bandeiras da Transparência, Participação e Democracia Direta, convicto de que, por meio de plataformas digitais, é capaz de conectar em tempo real o sistema político e a sociedade brasileira e, juntos, decidir os rumos da Nação.

Podemos Verde no Brasil

Aclamado vice-presidente do Podemos Verde no Brasil, dia 4 de setembro, em Brasília, Wilker Barreto quer aproveitar a plenária e mostrar para os líderes do partido a importância da Zona Franca de Manaus (ZFM) e da preservação da Amazônia.

“Temos um modelo econômico ambiental incontestável, garantido pela Constituição, que é a Zona Franca de Manaus (ZFM), mas que diariamente tem sido mutilado por aqueles que desconhecem sua contribuição para todo o País. Nossas. Por isso, a pauta do Podemos são a preservação da Amazônia e as cidades sustentáveis, que serão nossas bandeiras nas próximas eleições. Por isso, a importância da participação do Amazonino nesse projeto. Ninguém melhor que ele, quatro vezes governador e prefeito de Manaus, para conhecer os desafios desse modelo ambiental tão atacado”, frisou Barreto.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •