Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Após um período de revisão, o Código de Ética da Fundação Amazonprev passa por um intenso período de disseminação do seu conteúdo entre servidores, colaboradores, estagiários, fornecedores, aposentados e pensionistas da instituição previdenciária. A ideia é divulgar as diretrizes que orientam os direitos e deveres do órgão com o público e com seus colaboradores, além de otimizar as estratégias de operações na oferta de serviços. O documento também é disponibilizado no site da previdência estatual, no endereço  www.amazonprev.am.gov.br.

O código de ética da Amazonprev prioriza a adoção de regras de conduta que disciplinam, orientam e estimulam novos comportamentos, contribuindo assim com a manutenção da boa gestão dos serviços previdenciários no Estado do Amazonas.

“O foco é prestar atendimentos de excelência, prezando pela qualidade dos serviços para satisfazer todas as necessidades dos beneficiários. É preciso evitar condutas inadequadas, que possam destoar da nossa missão enquanto instituição pública”, destaca o presidente do órgão, André Luiz Zogahib.

Dentre os 22 artigos, o gestor da Amazonprev destaca o 12º, que especifica sobre a conduta nos relacionamentos, com o público-alvo e no ambiente de trabalho. O primeiro trata da conduta da instituição com os servidores ativos, inativos e pensionistas.

“Já a conduta nos relacionamentos no ambiente de trabalho deve se pautar no bom entendimento interpessoal dos servidores, espírito de equipe predominante, respeito mútuo e conduta profissional condizente com os objetivos da instituição”, observa Zogahib.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •