Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A diretoria da Escola de Samba Andanças de Ciganos pediu a decretação da prisão preventiva do secretário estadual de Cultura Robério Braga, por descumprimento da decisão do juiz plantonista do Fórum Ministro Henoch Reis, Marcelo Manuel da Costa Vieira, que determinou o imediato repasse de R$ 265 mil referente ao patrocínio para o carnaval de 2014 a agremiação.

O pedido de prisão de Robério Braga, foi feito pelo advogado Vilson Gomes Benayon Filho, alegando que no dia 16 o juiz plantonista deferiu a liminar determinando o repasse do patrocínio destinado ao Carnaval do Grupo Especial de Manaus, num prazo máximo de 48 horas, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil.

De acordo com Benayon, a Procuradoria do Estado mesmo emitindo determinação para a Secretaria de Estado da Cultura, efetuar o pagamento, e passado o prazo de 48 horas determinado pelo juízo, Robério Braga, não tomou nenhuma providência para efetuar o pagamento.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •