Foto: Rebekah Fontes / Fato Amazônico
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) pulou a cerca e voltou a 2009. Em meio à crise das queimadas na Amazônia, que já tomou proporções internacionais, o mandatário brasileiro foi ao Twitter elencar os “avanços” do seu governo. Ele utilizou o alfabeto para citar 15 ações, listadas por letras. No entanto, o presidente pulou do J para o L. Ou seja, a letra K ficou de fora.

Desde 1º de janeiro de 2009, com a Nova Reforma Ortográfica, o alfabeto oficial passou a ser formado por 26 letras – três a mais do que antes. As letras K, W e Y foram incluídas no alfabeto e obedecem às regras gerais que caracterizam consoantes e vogais.

“Enumerando”
A palavra “enumerando” chegou a quarta posição no trending topics no Twitter nesta sexta-feira (23/08/2019). Os internautas cutucaram o presidente por ter usado letras ao invés de números. Enumerar, no dicionário, é “expressar através de números”. Exemplos de sinônimos de enumerar, contudo, são “listar”, “relacionar” ou mesmo “especificar”. Com informações de Metrópoles.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •