Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na terça-feira (18/08), aconteceu o 1º Mutirão Jurídico do ano com apenados da Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI), no município distante 176 quilômetros de Manaus. A ação foi realizada pela 1ª Vara da comarca, de titularidade do juiz Saulo Goes Pinto, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

Vinte e cinco presos provisórios tiveram suas prisões avaliadas, resultando na concessão de sete alvarás de soltura para o público carcerário masculino e um para o feminino. Desses, seis foram para liberdade provisória mediante monitoramento eletrônico.

O mutirão teve ainda a participação de representantes do Ministério Público Estadual (MPE/AM); da promotora de Justiça, Tânia Maria Feitosa; do defensor público, Oswaldo Machado Neto; e de vários advogados particulares.

Para o diretor da unidade, Antônio Cordeiro, ações como essa garantem a assistência e a análise dos processos dos internos. “Essas ações jurídicas são importantes para que os internos não se sintam abandonados pelo poder público, por isso sempre buscaremos realizar essas atividades essenciais de direito básico”, disse.

Apoio – A Seap, por meio da unidade em Itacoatiara, tem buscado apoio das outras varas do município para a realização de novos mutirões jurídicos.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •