Foto: Wallace Barbosa
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Há 10 anos, uma matéria sobre celebridades chamou a atenção do Brasil. No auge do sucesso, Adriana Bombom foi acusada de esquecer as filhas em um churrasco. A nota, publicada em 19 de maio de 2010, tornou-se meme em uma época que o termo, praticamente, era desconhecido. As informações são de Metrópoles.

O texto foi publicado na coluna Retratos da Vida, do jornal Extra. E quem cuidava dela? Um nome que, atualmente, é mais conhecido que o da modelo, atriz e apresentadora: Leo Dias. Confira o que estava escrito:

“Bombom levou as filhas para um churrasco, no sábado, na casa de um conhecido. Às 23h, pediu licença e disse que iria em casa apanhar um casaco para as meninas, que ficaram na festa. Ela voltou no dia seguinte, às 10h. Sem os casaquinhos”.

Agora adolescentes, as filhas de Bombom, Olívia e Thalita, são fruto do relacionamento dela com o sambista Dudu Nobre. Eles ficaram juntos entre 2001 e 2009.

Filha nega ter sido esquecida

Apesar da história ter se tornado um meme, Thalita Nobre decidiu acabar com a ilusão dos fãs ao afirmar que não foi bem assim. “Aí, Olívia. Já tem 10 anos !!! Mano, as pessoas ainda pensam que fomos esquecidas kkkkkkkkkk chocada!!”, escreveu ela no Twitter. Na mesma rede, ela contou sua versão. Confira:

“Tudo começou quando os meus pais se separaram e começaram a sair muitas matérias sobre o divórcio deles. Muitas eram mentira e algumas erram verdade. Eu e a minha irmã estávamos sofrendo muito com tudo isso, as pessoas não paravam de perguntar sobre o divórcio e aí a minha mãe teve a linda ideia de levar todo mundo (eu, a minha irmã e acho que uma das minhas primas) para um churrasco. Comemos e nos divertimos como não fazíamos tinha um tempo. Depois de umas horas, TODOS voltamos para casa sem esquecer ninguém no churrasco. A verdade é que a matéria foi plantada para sujar a imagem da minha mãe e foi o que aconteceu. Muitas pessoas pensam que ela é uma mãe desnaturada que esquece as filhas no churrasco, mas a verdade é que ela é uma mãe do caralho que sempre fez o possível e o impossível pelas filhas. Essa matéria abalou ela por anos e afetou na minha vida e na vida na minha irmã porque tínhamos 7 e 8 anos de idade, as professores, as tias da cantina no colégio me paravam pra perguntar se isso era verdade e eu não entendia porque eu era uma criança e não tinha noção da proporção que isso tudo tomou. Uma das perguntas que eu mais ouvi na minha infância foi ‘é verdade que sua mãe te esqueceu no churrasco ?’ Hoje em dia a gente leva tudo na brincadeira”.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •