Foto: Divulgação
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As árvores Cenostigmas Tocantinum Ducke, mais conhecidas como “Pau-pretinho”, que foram plantadas ao longo da avenida Djalma Batista, foram removidas pela Prefeitura Municipal de Manaus no último domingo (26/01). No início do mês de dezembro, o vereador Fred Mota (PL) fez uma denúncia sobre a morte dessas árvores na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

“Como que uma árvore que é adaptável ao nosso solo ácido e floresce em período de calor está morrendo?”, indagou o parlamentar a época. O pau-pretinho adapta-se a solos ácidos e ao calor, florescendo nessa época do ano. De acordo com Mota, é uma das melhores árvores para se plantar em meio urbano por causa do médio porte e com raiz pouco agressiva. Além disso, é resistente a pragas e doenças.

Remoção

Foram 14 árvores mortas retiradas do canteiro central da avenida Djalma Batista no último domingo, em uma operação fiscalizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas), com o apoio da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Elas serão substituídas por mudas da mesma espécie.  Segundo a Prefeitura, a perda dos espécimes foi decorrente do processo natural de desgaste e, em alguns pontos, por falta de profundidade para a raiz. A ação tem caráter preventivo e o trabalho deve continuar durante o próximo final de semana com replantio e adubação.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •