Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

METRÓPOLES – Após sofrerem um suposto golpe de estelionato, o grupo de mulheres conhecido como “Bolsonarianas” foi ao Palácio da Alvorada cumprimentar o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O momento foi gravado pelo canal Cafezinho com Pimenta. Veja abaixo:

Entenda
O grupo veio à capital da República para participar do 1º Congresso Nacional das Bolsonarianas, mas acabou na delegacia. Isso porque elas pagaram pelo evento que acabou não sendo realizado.

Conforme divulgação nas redes sociais, participariam do encontro a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, na quarta (13/11/2019) e nesta quinta-feira (14/11/2019).

O grupo pagou R$ 100 a duas organizadoras pela inscrição, hospedagem com café da manhã e traslado. O custo com transporte até Brasília ficaria a cargo de cada participante.

Delegado plantonista da 1ª DP, Henrique Pantuzo disse ao Metrópoles que a denúncia será investigada como estelionato, mas outros delitos não são descartados. “Pode ser que apareçam crimes como falsidade ideológica e falsificação de documento particular”, detalhou.

De acordo com Pantuzo, a presença de integrantes do governo federal foi um chamariz dos organizadores. “Disseram que teria presença de autoridades e da primeira-dama. Não existia nada disso, na verdade. Esse congresso nunca existiu. Elas foram ludibriadas”, contou.

A divulgação indicou que o encontro ocorreria no Ulysses Guimarães. Contudo, o empreendimento sequer foi contratado, segundo o consultor do Consórcio Capital DF, Marcos Cumagai.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •