Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – O torcedor do Flamengo não cansa de comemorar títulos de peso desde o ano passado, quando o clube faturou o Brasileiro e a Libertadores da América.  Só em 2020, a equipe rubro-negra já venceu a Supercopa do Brasil e pode ganhar na quarta-feira a Recopa Sul-Americana. Mas se engana aquele que acha a conquista da Taça Guanabara algo sem muita expressão para o clube neste momento.

O presidente Rodolfo Landim ressaltou a satisfação pela conquista do primeiro turno do Estadual, até pelo fato de o Flamengo garantir a presença na final da competição. “O Campeonato Carioca é importantíssimo. Eu venho a estádios desde pequeno, vendo muito esse campeonato. Assumimos o compromisso com o presidente da Federação que iríamos disputar com todas as forças. Começamos com o sub-20 porque os jogadores estavam de férias, mas colocamos os titulares uma semana depois da volta, provando que damos importância. O Flamengo tem que tentar vencer todas as competições”, avisou.

O vice de futebol Marcos Braz reforçou o discurso do colega de diretoria. “É um campeonato super tradicional, importante, demos um passo super importante. Temos um elenco grande, estamos classificados para a final do Carioca, agora seria importante todo mundo jogar, mas não tem nada a ver com apetite, vamos jogar para frente, sempre para vencer”, disse.

No entanto, o Flamengo dá uma pausa no Carioca para tentar vencer nesta semana o terceiro título em 2020, contra o Independiente Del Valle, na Recopa. A conquista teria um sabor especial. “O Flamengo nunca ganhou uma competição internacional no Maracanã, vamos atrás disso”, destacou Marcos Braz.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •