Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A estreia da Seleção Brasileira na Copa América, marcada para esta sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra a Bolívia terá um argentino no apito. Nesta terça, por meio de seu twitter, a Conmebol definiu as equipes de arbitragem para os primeiros compromissos da competição e determinou Néstor Pitana como o responsável para comandar o jogo no Estádio do Morumbi.

Aos 43 anos, Pitana possui experiência em grandes jogos, entre eles a abertura da Copa do Mundo de 2018 entre Rússia e Arábia Saudita, além da decisão, quando a França bateu a Croácia. Neste primeiro jogo da Copa América, ele será auxiliado dentro de campo por outros dois compatriotas: Hernán Maidana e Juan P. Belatti. O também argentino Patricio Loustau irá operar o VAR.

Néstor Pitana também possui no currículo partidas apitadas da Seleção Brasileira. Dia 25 de março de 2016, nas Eliminatórias da Copa do Mundo, na Arena Pernambuco, Brasil e Uruguai empataram em 2 a 2. Renato Augusto e Douglas Costa marcaram para os donos da casa, ainda comandados por Dunga, enquanto a dupla Cavani e Luís Suárez balançou as redes para o time uruguaio.

Além da estreia, a Conmebol também definiu as equipes de arbitragem para os jogos Venezuela x Peru, marcado para sábado, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, às 16h (de Brasília), e Argentina x Colômbia, que acontece no mesmo dia, às 19h (de Brasília), na Fonte Nova, em Salvador.

O confronto entre venezuelanos e peruanos será liderado por um trio colombiano: Wilmar Roldan apita, auxiliado por Alexander Guzmán e Jhon A. Leon. O uruguaio Leodán Gonzalez ficará responsável pelo árbitro de vídeo. Já o encontro em solo baiano terá um trio chileno comandado por Roberto Tobar. Christian Schiemann e Claudio Rios serão os auxiliares. Julio Bascuñan opera o VAR.

(Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •