"Prefeito brasileiro lança ataque furioso a Bolsonaro 'estúpido' por resposta a coronavírus"
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Após ser chamado de “bosta” pelo presidente Jair Bolsonaro, durante reunião ministerial, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, voltou a criticar nesta segunda-feira (25), a postura do presidente diante da pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista à CNN Internacional, Arthur Virgílio afirmou que o presidente “tem cumplicidade com as mortes de coronavírus no Brasil”.

“Prefeito brasileiro lança ataque furioso a Bolsonaro ‘estúpido’ por resposta a coronavírus”

“Ele é responsável. Seu sonho é fazer uma ditadura, mas ele é burro demais”, disse o prefeito de Manaus. “Não sei explicar como um homem de tão baixa qualificação se tornou presidente de um país de 210 milhões”, acrescentou.

Para o prefeito de Manaus, Bolsonaro “não governa o Brasil”. “Senhor presidente Bolsonaro, por favor, cale a boca e fique em casa. Se demita. Ele não governa o Brasil”, disse em entrevista à CNN Internacional.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •