Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Associação Comercial do Amazonas tem novo presidente desde a noite desta quarta-feira (3). Liderando a única chapa inscrita, empresário do ramo da construção civil Jorge de Souza Lima, foi aclamado para comandar a entidade nos próximos dois anos.

A chapa aclamada foi inscrita no último dia 25 de maio e traz como um presidente há muitos anos é membro ativo da diretoria na atual gestão.

“União vai nortear a minha gestão. Quero que possamos trabalhar juntos não só internamente entre diretores e associados, mas também com os demais segmentos econômicos e instituições representativas do comércio, da área de serviço e da indústria. Plantei sementes disso nos últimos meses e vejo que é um anseio comum e uma necessidade. A partir daí, enxerguei que poderia avançar e contribuir como Presidente desta tão estimada Associação. Com união, sei que colheremos bons frutos em breve”, destacou o futuro presidnete da ACA.

A chapa é formada ainda por membros da diretoria, conselho fiscal e assembleia geral. O mandato será de 2 anos.

O encontro aconteceu com transmissão virtual com os diretores e convidados presentes via aplicativo de reuniões e durou cerca de 1h30, para evitar aglomerações, atendendo as recomendações de biossegurança diante da pandemia. Com o consenso de diretores e associados a aprovação ocorreu sem alterações no estatuto original.

“A maioria dos empresários associados e a diretoria é formada por pessoas de idade avançada, por este motivo, pessoas do grupo de risco para essa doença. Respeitamos as determinações das autoridades e cumprimos religiosamente o que rege o estatuto de uma Entidade que tem 148 anos, onde passaram homens que forjaram as atividades socioeconômicas do Estado do Amazonas”, explicou o presidente da Assembleia Geral, Ismael Bicharra ressaltando ainda que, por questões de saúde pública tudo precisou ser adaptado rapidamente e que essas reuniões virtuais, com o compromisso dos convocados, possibilitaram o cumprimento dos prazos.

Quem deixará o cargo, após cumprir dois mandatos consecutivos é Ataliba David Antônio Filho que, como tradição, passará a ocupar o cargo de Presidente da Assembleia Geral. Este mandato também será de 2 anos e poderá ser prorrogado.

“Creio que a minha gestão foi atípica, pois entrei numa crise [econômica] e saio em meio a uma outra crise [de saúde pública] que foi provocada por essa pandemia, mas confesso a você que presidir uma Entidade Centenária como a ACA, com sua importância como primeira Entidade empresarial do Estado do Amazonas é de uma responsabilidade muito grande, principalmente pela grandeza da Instituição e o que ela representa. Foi nessa Casa que foram gestadas todas as demais Entidades dos diversos setores da economia local, além de guardar a história do empreendedorismo do nosso Estado até o advento Zona Franca, quando nasceram as demais representatividades”, disse Ataliba.

“Em assembleia optamos, diretoria e associados, por seguir integralmente o estatuto, observando o cumprimento do mesmo. Eu tenho a sensação de dever cumprido, deixo essa Centenária ciente que dei minha modesta contribuição”, finalizou.

Durante esta assembleia geral também foram definidos cargos internos de secretaria, feito o balanço geral da tesouraria de 01.06.2020 a 31.05.2020 e Orçamento Programa para o período de 01.06.2020 a 31.05.2021 com o parecer do Conselho Fiscal.

A posse do novo presidente e dos membros da diretoria, conselho fiscal e assembleia geral também foi debatida no encontro desta noite e deve ocorrer em 18 de junho de 2020, data em que a Associação Comercial do Amazonas completa 149 anos de fundação. Mas, por conta da pandemia, a cerimônia também será virtual. Os detalhes serão repassados em breve.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •