Foto: Rubilar Santos
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Abrindo o penúltimo dia de atividades da 12ª edição do Programa Parlamento Jovem (PPJ), os 48 deputados jovens receberam a visita do juiz federal Ricardo Augusto de Sales, titular da 3ª Vara da Justiça Federal do Amazonas, na manhã desta quinta-feira (16), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Os estudantes assistiram a uma aula sobre os conceitos e toda a origem histórica de cidadania, política e democracia.

A Aleam, por meio da Escola do Legislativo Senador José Lindoso, acredita que o programa, que completou doze anos, é parte fundamental para que os jovens compreendam na prática a importância do Poder Legislativo na sua atribuição de propor melhorias para a população.

“É sempre uma experiência muito interessante o contato e o diálogo com os jovens, que ainda estão em formação. Foi gratificante participar de um programa em que o Poder Legislativo aproxima a juventude, esclarecendo os direitos que cada um deles tem, de forma a estimulá-los a exercer um controle social em nosso país”, comentou Ricardo Augusto de Sales.

O professor chamou atenção para a origem da criação e separação dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, e afirmou que a Constituição da República Federativa do Brasil de 88 consolidou a cidadania de forma plena, por meio de suas garantias e direitos fundamentais. “Quero que vocês lembrem sempre que a cidadania é construída todos os dias, por todos nós, e essa é uma conquista e resultado de muitos anos de luta”, explicou o juiz.

A estudante Sthefany Cabral, presidente do Parlamento Jovem 2019, agradeceu a presença do juiz federal e palestrante em nome de todos os deputados jovens, e comentou sobre os temas abordados durante a aula. “Essa aula de hoje nos trouxe um conhecimento rico e amplo dos nossos direitos e deveres como cidadãos. Sem dúvida o conhecimento nos traz força e é o caminho para lutar por uma sociedade mais justa e igualitária para todos”.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •