Matheus Rogério Machado, é apontado pela polícia como o pistoleiro que executou a vítima
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Fernanda Caroline Chaves Pinho, que era conhecida como “Barbie do Tráfico”, morta a tiros na noite da última segunda-feira (23), na rua Lobo D’Almada, bairro Centro de Manaus, foi sentenciada à morte por líderes da Família do Norte (FDN). Matheus Rogério Machado de Castro, de 21 anos, suspeito do crime, foi preso em menos de 24h.

“Os líderes da outra facção entenderam que ela cometeu uma traição, e a condenaram à morte”, disse o delegado George Gomes, diretor do DPM, afirmando que o crime ocorreu porque Fernanda, que era envolvida com o tráfico de drogas, saiu de uma facção criminosa para outra.

De acordo com a polícia, um dos supostos mandantes da morte de Fernanda é o traficante de drogas Marcelo Frederico Laborda, conhecido como “Marcelinho”. Ele foi preso no dia 26 de julho deste ano, no Estado de Santa Catarina (SC), durante a operação “Guará”, juntamente com a esposa Maria Cléia Fernandes Laborda e Charles dos Santos Rodrigues, o “BB da Compensa”, respectivamente, irmã e sobrinho do narcotraficante José Roberto Barbosa Fernandes, de 47 anos, o “Zé Roberto da Compensa”, um dos líderes da FDN.

O delegado Marcelo Martins, do 24º DIP, contou que as equipes de investigação foram até o local do crime, onde obtiveram informações que permitiram chegar até a identidade de Matheus Rogério, que foi o executor dos tiros.

“De posse das informações, sabendo que ele participava de certa facção, realizamos as diligências em outro bairro da cidade, e lá conseguimos identificar a casa onde ele estava se escondendo. Ele foi localizado embaixo de uma cama”, explicou o delegado.

Prisão

As equipes se deslocaram até o beco Casimiro, comunidade Bairro do Céu, na Zona Sul de Manaus. No lugar, foi realizada vistoria em uma casa de madeira. O indivíduo já possui passagem por roubo e usa tornozeleira eletrônica. O infrator estava em liberdade provisória.

Na ocasião do delito, Fernanda Caroline estava em uma casa noturna quando recebeu uma ligação e saiu do lugar. Matheus Rogério estava fazendo campana no local e efetuou disparos de arma de fogo contra Fernanda, que morreu no lugar.

A suspeita da polícia é que outras pessoas estão envolvidas no crime, e as investigações continuarão.

Suspeito de executar a tiros “Barbie do tráfico” é preso em ação conjunta da PC


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •