Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em discurso durante Grande Expediente na Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã da última terça-feira (30), o vereador Bessa (Solidariedade) celebrou a sanção da Lei nº 13.819/2019, que institui a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio.

O texto de autoria do ministro Osmar Terra foi sancionado na sexta-feira (26) pelo presidente Jair Bolsonaro. A iniciativa estabelece um pacote de medidas que visa minorar os casos de violência autoprovocada, ou seja, as tentativas de suicídio, os suicídios consumados e os atos de automutilação.

“Diante dessa Lei, conto com a sensibilidade do Executivo Estadual e Municipal para que sejam implementadas, o quanto antes, medidas preventivas, campanhas, entre outras ações, como criação do Centro de Valorização da Vida em nossa cidade”, ressaltou Bessa.

Alerta

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que 90% dos casos de suicídio poderiam ser evitados com ações preventivas. A mesma instituição ainda expõe o número alarmante de que, no Brasil, 32 pessoas se suicidam todos os dias. Essa taxa já ultrapassou a quantidade de vítimas da AIDS.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •