Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A seleção boliviana continuará seus treinos em La Paz a partir de sexta-feira, visando o jogo fora de casa contra o Brasil e em casa contra a Argentina em outubro, no início das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Catar-2022.

O time “realizará os últimos treinos na quarta e quinta-feira na cidade de Santa Cruz, onde se concentra desde 17 de agosto passado, para continuar com os intensos treinamentos na Sede do Governo” (La Paz, 3.600 metros acima do nível do mar), informou a Federação Boliviana de Futebol (FBF) em um comunicado.

Os jogadores comandados pelo venezuelano César Farías iniciaram em Santa Cruz a primeira fase de treinos para os duelos contra o Brasil no dia 8 de outubro e a Argentina no dia 13 do mesmo mês.

Farías ainda não poderá contar com os jogadores do Wilstermann e do Bolívar, que na próxima semana retomarão suas partidas pela Copa Libertadores, contra Athletico Paranaense e Palmeiras, respectivamente.

A seleção boliviana teve que se mudar para sua base de La Paz na semana passada, mas problemas internos na FBF a impediram devido à disputa pela presidência da entidade entre os vice-presidentes Robert Blanco e Marcos Rodríguez.

O goleiro Carlos Lampe, ex-Boca Juniors e Huachipato, deixou os jogadores preocupados com a situação do público da FBF.

“Devido a essa questão não podemos sair de Santa Cruz, acho que eles deveriam se reunir, conversar, fazer algo juntos, que se organizem e vejam o que é melhor para as lideranças”, disse o goleiro boliviano em vídeo divulgado pela assessoria de imprensa da mesma FBF.

Rodríguez e Blanco disputam a presidência da Federação, que ficou vaga em meados de julho após a morte de César Salinas, devido à covid-19.

Em um esforço para resolver o caos institucional e encontrar coesão, a Federação convocou uma reunião extraordinária para a próxima quarta-feira. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •