Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente Jair Bolsonaro afirmou sábado (23) que existe possibilidade de o Brasil permitir a exportação de madeira nativa da Amazônia ‘in natura’. Hoje, a atividade é considerada ilegal.

“É melhor você exportar de forma legalizada do que, de forma clandestina, continuar saindo do Brasil“, disse o presidente a jornalistas, no Rio de Janeiro, segundo O Globo.

De acordo com a legislação ambiental atual, o único tipo de madeira que o Brasil pode exportar em seu estado natural são as madeiras exóticas, como o eucalipto e o pinus. Para isso, é necessária uma autorização estadual. Já no caso de árvores nativas, a exportação dos troncos é vetada pela legislação ambiental.

“Talvez dependa do Parlamento uma medida como essa. O Ricardo Salles [ministro do Meio Ambiente] vai me dar a palavra final na semana que vem”, afirmou o presidente.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, o Ibama pretende liberar a extração de árvores nativas que estejam dentro dos chamados “planos de manejo”, que são os projetos que determinam o zoneamento de uma unidade de conservação –onde, em teoria, há fiscalização por parte do governo.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •