Foto: Alan Santos
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente Jair Bolsonaro deve receber o prêmio Person of the Year da Câmara Americana de Comércio em Houston, Texas, dia 16. Dois dias depois da festa em Nova York, marcada e mantida no dia 14, no Marriot. Este é o plano fechado na noite desta segunda-feira (06), e vale até segunda ordem.

Inicialmente, a premiação – que inclui, do lado americano, o secretário de Estado Mike Pompeo – estava marcada para o Museu de História Natural, em Nova York, mas enfrentou a resistência do prefeito Bill de Blasio e de entidades de defesa do meio ambiente. A etapa seguinte do caso foi a desistência, pela empresa aérea Delta, a consultoria Bain & Company e o jornal Financial Times, que decidiram não mais apoiar o evento.

Nos últimos três dias, Bolsonaro chegou a declarar que não iria mais receber a homenagem, mas acabou afirmando, ontem, que faria, sim, uma viagem aos EUA. E antes de se anunciar a decisão pela cidade de Houston chegou-se a falar que a premiação poderia acontecer em Dallas, também no Texas. (Com informações Estadão e Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •