ISAC NÓBREGA/PR
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ao sancionar o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou nove artigos do texto. O principal deles é sobre a concessão automática do auxílio emergencial de R$ 600 para pessoas demitidas sem justa causa durante a pandemia do novo coronavírus.

O texto original, criado por emenda parlamentar e que não estava na Medida Provisória original, indicava que quem ficasse desempregado durante a pandemia de covid-19 e não tivesse direito ao seguro-desemprego receberia o benefício automaticamente.

O governo justificou o veto por considerar que o benefício não pode ser automático e que a pessoa precisa passar por triagem para ver se está enquadrado nas regras. Com informações Metrópoles.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •