Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nos últimos dias, criou-se muita expectativa em torno da possibilidade de o Grêmio contratar o atacante uruguaio Edinson Cavani, o qual se encontra sem clube após não renovar com o Paris Saint-Germain. Contudo, em coletiva, o presidente Romildo Bolzan deixou claro que não há possibilidade do jogador entrar na realidade financeira do clube.

O mandatário teceu vários elogios ao atleta, dizendo que ele tem o espírito gremista. “O atrelamento do Cavani ao Grêmio é cultural. A imortalidade, a garra, a forma como joga. A identidade comportamental do Cavani com os valores do clube tem tudo a ver”, declarou. Bolzan confirmou que, de fato, entrou em contato com o jogador para saber de sua situação. “Tempos atrás fizemos uma consulta, não por videoconferência. Conversamos com o Cavani, ele debatia com outros clubes”, disse.

Porém foi bem claro ao falar que o Tricolor Gaúcho não tem fôlego financeiro para fazer tal investimento. “Se um dia tivermos como fazer uma aquisição dessas, teremos o maior prazer. Mas nesse momento, o jogador negocia na Europa, não temos como avançar. Então vamos voltar com os pés no chão”, finalizou.

Cavani está sem jogar desde quando a paralisação do futebol estava em curso na Europa. Na retomada, fez um acordo com o PSG de que não estenderia seu contrato e não participaria da reta final da Liga dos Campeões, portanto, saindo do clube sem custos no final de junho. Agora com 33 anos, o uruguaio está procurando uma nova equipe. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •