Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – A Seleção Brasileira não teve um ano ruim em 2019. Afinal de contas, reencontrou o título da Copa América, que não ganhava desde 2007, e, de quebra, sentiu este gostinho em solo brasileiro, o que não acontecia desde 1989. Por outro lado, os comandados de Tite terminaram o ano em baixa, sem brilhar nos amistosos.

“A Seleção Brasileira teve um ano positivo, pois o grande objetivo foi alcançado. Não conseguimos sempre jogar em grande nível, mas estamos sempre em busca das metas. Nossa expectativa é de um 2020 de jogos complicados, mas de uma equipe cada vez mais preparada”, analisou o técnico Tite.

Copa América: Brasil esteve perto da derrota, mas venceu

A Seleção Brasileira chegou para a Copa América sem contar com o seu jogador mais renomado. Neymar sofreu uma lesão no amistoso contra o Catar, triunfo por 2 a 0, e foi cortado.

A competição não foi marcada por um futebol de alto nível da Seleção. Os 3 a 0 sobre a Bolívia na estreia esconderam alguns erros que ficariam visíveis depois do empate sem gols com a Venezuela na segunda rodada. Os 5 a 0 aplicados no Peru, na terceira rodada, levaram à esperança de uma grande fase eliminatória.

Porém, nas quartas de final, mesmo dominando as ações, o Brasil não conseguiu mais do que o empate sem gols com o Paraguai, tendo que avançar na disputa de pênaltis. Na semi, 2 a 0 contra a Argentina, com Messi neutralizado e Gabriel Jesus brilhando ao marcar um gol e dar assistência para Firmino.

A decisão marcou o reencontro com o Peru, goleado na primeira fase. Jesus foi expulso e deixou o time com dez jogadores no segundo tempo. Mesmo, com gols de Everton, do próprio Gabriel Jesus e de Richarlison, o Brasil foi campeão.

Segundo semestre: o pior momento da Era Tite

Após a Copa América, o Brasil disputou seis amistosos e venceu apenas um. Pior do que as derrotas de 1 a 0 para Peru e Argentina, foi a apatia vista em algumas ocasiões, como nos empates por 1 a 1 com Senegal e Nigéria.

A Seleção Brasileira encerrou o ano com um triunfo por 3 a 0 sobre a Coréia do Sul, mas deixou seus torcedores preocupados. O padrão da Era Tite caiu consideravelmente e, em 2020 terá mais uma Copa América e as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 no Catar.

A Seleção Brasileira ganhou metade dos 16 jogos que disputou: 8. Sua defesa sofreu apenas nove gols, enquanto que o ataque balançou 33 vezes as redes rivais. Gabriel Jesus foi o artilheiro no ano com 7 gols.

Abaixo o desempenho do Brasil em 2019:

NÚMEROS:

Jogos: 16
Vitórias: 8
Empates: 6
Derrotas: 2
Gols pro: 33
Gols contra: 9
Saldo: 24
Artilheiros: Gabriel Jesus (7), Firmino (5), Philippe Coutinho (4), Casemiro (3), Everton (3), Richarlison (3), Lucas Paquetá (2), Daniel Alves (1), Danilo (1), David Neres (1), Neymar (1), Thiago Neves (1), Willian (1)

Todos os jogos:

COPA AMÉRICA

14/06 – Brasil 3 x 0 Bolívia – São Paulo (Brasil) – Gols: Philippe Coutinho (2) e Everton
18/06 – Brasil 0 x 0 Venezuela – Salvador (Brasil)
22/06 – Brasil 5 x 0 Peru – São Paulo (SP) – Gols: Casemiro, Firmino, Everton, Daniel Alves e Willian
27/6 – Brasil 0 (4) x 0 (3) Paraguai – Porto Alegre (RS)
02/07 – Brasil 2 x 0 Argentina – Belo Horizonte (MG) – Gols: Gabriel Jesus e Firmino
07/07 – Brasil 3 x 1 Peru – Rio de Janeiro (RJ) – Gols: Everton, Gabriel Jesus e Richarlison

AMISTOSOS

23/03 – Brasil 1 x 1 Panamá – Cidade do Porto (Portugal) – Gols: Lucas Paquetá
26/03 – República Tcheca 1 x 3 Brasil – Praga (República Tcheca) – Gols: Firmino e Gabriel Jesus (2)
05/06 – Brasil 2 x 0 Catar – Brasília (Brasil) – Gols: Richarlison e Gabriel Jesus
09/06 – Brasil 7 x 0 Honduras – Porto Alegre (Brasil) – Gols: Gabriel Jesus (2), Thiago Silva, Philippe Coutinho, David Neres, Firmino e Richarlison
06/09 – Brasil 2 x 2 Colômbia – Miami (Estados Unidos) – Gols: Casemiro e Neymar
11/09 – Brasil 0 x 1 Peru – Los Angeles (Estados Unidos)
10/10 – Brasil 1 x 1 Senegal – Singapura (Singapura) – Gols: Firmino
13/10 – Brasil 1 x 1 Nigéria – Singapura (Singapura) – Gols: Casemiro
15/11 – Brasil 0 x 1 Argentina – Riad (Arábia Saudita)
19/11 – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul – Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos) – Gols: Lucas Paquetá, Philippe Coutinho e Danilo


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •