Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

TV FOCO – Depois que realizou uma critica ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, o ator Bruno Gissoni anda sofrendo ataque nas redes sociais. Em seu perfil no Instagram, o artista vem recebendo diversos comentários negativos. Acontece que em uma publicação no Instagram do Flamengo, onde dirigentes do time aparecem próximos de Jair Bolsonaro, Bruno Gissoni comentou, fazendo criticas: “Que vergonha! Apaga! O que passa na cabeça de vocês?! Prefiro o Pará titular para o resto da história do Flamengo”, escreveu ele.

“Diz que o Insta foi hackeado! Nojo”, comentou ele em outro comentário. “Um comentário só não basta. Vocês estão de sacanagem!”, acrescentou Bruno Gissoni.

“Então, quer dizer que o ator ficou bravinho porque o clube que ele gosta postou a foto do presidente da nação em que ele vive, come e desfruta de seu trabalho livre e com direitos diferenciados dos demais trabalhadores da CLT? Onde estava o ator que não se manifesta quando um político é pego na corrupção? Não seja um oportunista, Bruno. Seu trabalho é brilhante e admirado por muitos. Mas se for para indagar, que seja para os demais também”, escreveu um internauta nos comentários . “Perdeu moral comigo”, comentou outro.

Mas teve também quem concordou com a opinião do atr global: “Parabéns por não ser mais um global isentão”, disse um. “Eu amo um ser humano que não fica em cima do muro. Em tempos difíceis, é tempo de luta. Respeito. Admiro. Obrigado por sua voz!”, escreveu outro.

Essa não é a primeira vez que o ator se envolve em uma polêmica envolvendo o presidente Jair Bolsonaro. Recentemente, ele insinuou que os integrantes do governo Bolsonaro, eram ‘idiotas’.

“E cada dia da ‘nova política’ fica mais difícil entrar na faculdade e mais fácil conseguir uma arma. Mais fácil caçar um animal e comer veneno do que preservar”, escreveu Bruno Gissoni.

“Ver o país guiado por um ser que acredita que a terra é plana do que nos fatos sobre o aquecimento global…”, continuou ele, que ainda finalizou: “Os idiotas vão tomar conta do mundo; não pela capacidade, mas pela quantidade. Eles são muitos”.

Flamengo apoia Bolsonaro e Moro, e Bruno Gissoni se revolta: ‘Que vergonha’


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •