Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Como membro titular da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado estadual Cabo Maciel (PL), apresentou na Sessão ordinária virtual da quinta-feira (4), uma Moção de Apelo à Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), na pessoa do Defensor Público Geral Ricardo Paiva, para que ajuíze ações civis públicas contra as operadoras Vivo, Claro e Oi, cobrando indenizações por dano moral coletivo e a regularização dos serviços de telefonia e internet no município de Itacoatiara (a 265 km de Manaus).

“Há mais de um ano, por meio de discursos e proposituras na Aleam, tenho clamado por providências junto a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) contra os péssimos serviços de telefonia e internet por parte das operadoras Vivo, Claro e Oi no município de Itacoatiara”, desabafou Cabo Maciel.

Cabo Maciel acrescentou ainda no documento que até este momento, não houve resposta positiva da Anatel que sugerisse esperança de que os graves problemas seriam contornados, problemas relacionados a torres e equipamentos em estado de total precariedade. Ao contrário, as operadoras insistiram em seus desserviços, infelizmente contribuindo para o isolamento de Itacoatiara, com grandes prejuízos às atividades das indústrias, à atividade bancária, às escolas e ao comércio local.

“Portanto, em face do agravamento dos problemas, e com vereadores e demais lideranças municipais à beira da indignação, resolvemos encaminhar uma Moção à DPE-AM, na pessoa do Doutor Ricardo Paiva, para que ajuíze ações civis públicas contra as operadoras Vivo, Claro e Oi cobrando indenizações por dano moral coletivo e determinando a regularização imediata dos serviços de telefonia e internet em Itacoatiara”, concluiu Maciel.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •