DEPARTAMENTO MÉDICO DA CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS FOTO: ROBERVALDO ROCHA / CMM
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) vai participar da campanha Novembro Azul que visa alertar os homens sobre a importância de realizar os exames preventivos do câncer de próstata. A partir desta sexta-feira (1/11), a fachada da CMM será iluminada na cor azul. A iluminação permanecerá durante todo o mês de novembro.

“Nosso objetivo é chamar a atenção da população de que é preciso fazer os exames, através dos quais é possível detectar precocemente o câncer de próstata. Assim é possível iniciar o tratamento e as chances de cura são maiores”, disse o presidente da CMM. vereador Joelson Silva (PSBD).

O câncer de próstata, segundo o Ministério da Saúde (MS), é o tipo mais comum entre os homens. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo dados recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Já no Amazonas, a taxa bruta de incidência aponta 28 casos para cada 100 mil habitantes.

Segundo informações do MS, na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e, quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura.

Conforme informação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil, a expectativa de vida dos homens é de 72,5 anos enquanto a das mulheres é de 79,6 anos. Mais de um terço dos homens não cuidam da própria saúde, indica o IBGE.

O médico que deve fazer o toque retal para diagnosticar alterações na próstata é o urologista. Por isso, o importante é fazer acompanhamento regular com o médico urologista, iniciando a partir dos 40 anos.

O cuidado com a saúde masculina ainda é um tabu entre os homens e na maioria das vezes eles só vão procurar atendimento médico levados pela mãe, esposa, filhos ou quando o sintoma já está avançado.

Nelson Melo, 70 anos, agente administrativo na CMM, está incluído nesse grupo. Ele conta que foi forçado pela esposa a procurar ajuda médica, depois de apresentar sintomas de fluxo urinário interrompido. “O meu caso era somente uma inflamação, e segundo o médico é normal por causa da minha idade. Ele passou um tratamento com remédio antiinflamatórios. Volto no final do ano para continuar fazendo o acompanhamento. O toque é o maior preconceito, apesar de ter me sentido constrangido eu aconselho que todos os homens mantenham seus exames em dia”. disse.

Sintomas

Segundo informações da ONG Instituto Oncoguia, o câncer de próstata em estágio inicial geralmente não provoca sintomas. No estágio avançado pode causar alguns sintomas como: micção frequente, fluxo urinário fraco ou interrompido, vontade de urinar frequentemente à noite (nictúria), sangue na urina ou no sêmen, disfunção erétil, dor no quadril, costas, coxas, ombros ou outros ossos se a doença se disseminou, fraqueza ou dormência nas pernas ou pés.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito através de avaliação clínica, exame de toque retal, PSA e, em alguns casos, com o auxílio de exames de imagem, como ressonância e ultrassonografia de próstata, além de biópsia guiada (retirada de um pequeno fragmento para análise patológica).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •