Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Elcimar Freitas – A segunda noite do CarnaBoi, não alcançou o público esperado pela Secretaria de Cultura, estimado em 100 mil pessoas. Nas duas noites, não passaram pelo Sambódromo 50 mil pessoas. Mas, a culpa não foi dos artistas que se apresentaram, em épocas anteriores e levavam ao Centro de Convenções, o Sambódromo, uma imensidão de apaixonados pelas toadas de Garantido e Caprichoso, de Parintins e Corre Campo e Garanhão, de Manaus, mas da SEC, que não divulgou nada do evento, limitou-se apenas a “Feirinha do Tururi”.

Nem mesmo o governador Omar Aziz e comitiva, compareceram ao Sambódromo. Ele deve ter se decepcionado com o fraco público que viu na primeira noite. O secretário de Cultura, Robério Braga, também não deu o ar da graça no Centro de Convenções na noite de ontem.

Na segunda noite de CarnaBoi, o Canto da Mata e o apresentador do Boi Garantido, foram os que mais agitaram o Sambódromo. O primeiro, que trouxe no trio, Mailzon Mendes, Alex Pontes e Príncipe do Boi, levaram a galera azul e branca, interpretando toadas do touro negro apresentará no festival de Parintins.

Israel Paulain, entrou na passarela do Sambódromo, por volta das 0h30min e a galera foi ao delírio com a garra do apresentador do Garantido que cantou interpretou belas toadas e interagiu muito com o público presente.

Passaram ainda pelo Sambódromo, Klinger Araújo, Edmundo Oran, Hamiraldo da Mata, Robson Jr, David Assayag, Sebastião Júnior, Arlindo Júnior, Edilson Santana e Marcio do Boi contra Gaspar Medeiros e Caetano Medeiros.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •