Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Único filme brasileiro no Festival de Veneza, Narciso em Férias, longa que traz detalhes da prisão de Caetano Veloso pela ditadura militar, divulgou novo cartaz nesta quarta-feira (26/8) com foto rara do cantor preso.

Na foto do pôster, retirada de arquivos secretos mantidos pela ditadura militar, Caetano aparece com o cabelo curto e raspado dos lados. Ele havia acabado de ter seus longos cachos cortados pelos militares. O episódio é recordado pelo artista no documentário como um dos momentos de maior tensão de seu período na prisão.

“Eles me tiraram da cela e disseram: ‘Ande em frente e não olhe para trás!’. Eu pensei que eles iam atirar. Mas eles me levaram no barbeiro”, lembra Caetano em um dos trechos de Narciso em Férias.

No longa, o cantor relembra sua prisão, quando ele e Gilberto Gil foram retirados de suas casas em São Paulo por agentes à paisana em 1968, 14 dias depois de decretado o AI-5. Sem receber explicações do regime, foram levados ao Rio de Janeiro, deixados em duas solitárias por uma semana e depois transferidos para celas.

Com direção de Renato Terra e Ricardo Calil, o documentário será exibido pela primeira vez no próximo dia 7 de setembro, na Sala Grande – principal sala do 77º Festival de Veneza, que acontece entre os dias 2 e 12 de setembro, na Itália. Além disso, o cartaz assinado pela designer Claudia Warrak ilustrará também a capa do livro Narciso em Férias, que será lançando ainda este mês. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •