Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em detalhes publicados na autobiografia Travessia, que teve trechos liberados pelo UOL no sábado (27/06), Walter Casagrande contou novidades sobre o seu relacionamento com a cantora Baby do Brasil, que terminou em 2017.

O ex-jogador e comentarista disse que se divertia muito com a ex-namorada, mas, pelo fato de ela ser pastora, eles ficaram sete meses sem transar.

“Ela só faria sexo com um parceiro que tivesse certeza de ser para a vida toda e, ainda assim, depois de um casamento formal sob as bênçãos de Deus”, revela uma parte da obra.

À época, Baby era pastora evangélica e estava há quase 20 anos sem namorar ninguém. “Casão topou, deu até entrevista sobre o tema no Fantástico, mas a realidade se impôs. ‘Cara, ela não fazia sexo, ela não faz sexo. Namorei por sete meses sem sexo. Respeitei isso o tempo todo, até que não deu mais pra segurar. E, pô, eu não tava a fim de me casar’”, continua o trecho da publicação. Com informações de Metrópoles.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •