Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um ano após a tragédia da casa noturna Kiss, de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, determinou que os órgãos da Prefeitura continuem as blitze iniciadas no ano passado para verificar as condições de segurança, higiene e de documentação dos bares, boates e casa noturnas em Manaus. Ontem à noite casas noturnas do Centro de Manaus foram fiscalizadas.

O prefeito esteve no bar Touchdown, no Vieiralves, Zona Centro-Sul, uma das casas noturnas que cumpriu com todas exigências notificadas. Ele parabenizou o gerente do estabelecimento, Marcelo Macedo, pelo empenho em se tornar exemplo para os demais bares de Manaus.

“Eles têm todas as licenças exigidas pelo Município e pelo Estado e isso é bom. Está no mesmo caminho o All Night, a Arena Vip e o Porão do Alemão, que está se esforçando e a gente reconhece. Quero fazer com isso uma parabenização para aqueles que andam correto e uma advertência para aqueles que estão irregulares e dizer que nunca compactuaremos com o errado. Nós vamos retomar as inspeções, porque elas são necessárias, infelizmente”, disse o prefeito.

O prefeito Arthur Neto, acompanhou pessoalmente as ações dos fiscais da PMM

O gerente do bar disse que a casa tinha alguns problemas de segurança, que foram sanados para oferecer um conforto melhor para os clientes. “Havia alguns detalhes com relação a extintores de incêndio e a visualização das saídas de incêndio que resolvemos rapidamente e agora estamos totalmente seguros e seguindo todas as normas”, informou Marcelo Macedo.

A fiscalização envolve uma equipe multidisciplinar da Casa Militar, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Secretaria Municipal de Finanças e Economia (Semef), Manaustrans e Polícia Militar. A operação segue, neste momento, na Rua Tamandaré no Centro de Manaus.

“A nossa intenção não é fechar estabelecimentos, mas dar segurança aos frequentadores desses locais. Vamos convidar também o Corpo de Bombeiros para que nos acompanhe nessas operações, que vão ser cada vez mais frequentes daqui para frente. É importante que o dono de estabelecimento que tenha alguma pendência, procure logo os órgãos onde precisa se regularizar, para evitar constrangimentos a ele e seus clientes”, disse o subsecretário da Casa Militar, Darcelos Gomes.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •