Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Justiça Estadual decretou as prisões temporárias de suspeitos de envolvimento em um crime de homicídio que vitimou o engenheiro Flávio Rodrigues, no último domingo (29), na cidade de Manaus. O corpo da vítima foi encontrado na segunda-feira (30) por populares.

Os pedidos de prisões temporárias foram feitos pela Polícia do Estado do Amazonas e decretadas na última quarta-feira (2) em Plantão judicial. O processo foi distribuído para a 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus e tramita sob segredo de justiça.

Foi expedido mandados de prisão temporária para: Eliseu da Paz Souza, Mayc Vinícius Teixeira Parede, José Evandro Martins de Souza Júnior e Elielton Magno de Menezes Gomes Júnior, Magno foi preso após conceder entrevista na TV A Crítica.

Entenda

A casa onde tudo aconteceu fica no Condomínio Passaredo e é onde morava Alejandro Valeiko, filho da primeira-dama de Manaus, Elisabeth Valeiko. Segundo relatos, nem todos os quatro homens se conheciam., eles estavam em um bar e foram para a casa de Valeiko para continuar a festa. Eles afirmam que homens armados e encapuzados teriam invadido o local e levado o engenheiro Flávio.

Elielton foi agredido com golpes de facas nas costas e Alejandro levou uma coronhada na cabeça. Os quatro rapazes que estavam na festa eram Alejandro Molina Valeiko, Vitório Del Gato, José Edvandro Martins de Souza e Elielton Magno de Menezes Gomes Júnior.

As investigações estão sendo tocadas por equipes do 19º Distrito Integrado de Polícia e da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros.

Primeira-dama de Manaus, Elisabeth Valeiko

Elisabeth Valeiko afirmou que está sofrendo muito, principalmente com as insinuações de parte da mídia, que tenta incriminar o filho dela. Segundo ela, esses veículos fazem isso para atingir o marido dela, o prefeito Arthur Virgílio Neto.

“O Alejandro é tão vítima quanto o Flávio, quanto o Junior, quanto o Magno. Assim como vocês eu estou aguardando, porque preciso entender o que aconteceu naquela noite.”, disse Elisabeth.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •