Um grupo de turistas que alugou um dos imóveis deixou o aparelho carregando. A perícia investiga as causas do acidente
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

METRÓPOLES – Um celular que estava conectado ao carregador superaqueceu e causou um incêndio em dois apartamentos no litoral de São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, as causas do acidente são investigadas pela perícia. A informação é do portal G1.

O apartamento, localizado na Avenida Marechal Floriano Peixoto, no bairro da Pompéia, era destinado à reserva de temporada e foi alugado por um grupo de turistas. De acordo com os relatos, antes de sair do imóvel, um deles deixou o celular carregando em cima de uma cama, o que fez com que o aparelho tivesse um superaquecimento.

O Corpo de Bombeiros aponta que, segundo o grupo, o celular gerou um foco de incêndio, fazendo com que o fogo se espalhasse pelo apartamento. As chamas puderam ser vistas da janela de um dos quartos. Os bombeiros, além da Polícia Militar e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, foram acionados para o local.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •