Foto: Divulgação
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As pizzas do chef Tanka Sapkota acumulam uma série de prêmios e selos de excelência, incluindo a certificação Pizza Verace Napolitana, a principal distinção do segmento. No último mês, elas foram distribuídas gratuitamente a centenas de famílias carentes da região de Lisboa.

Segundo o chef, além de fornecer uma refeição a quem precisa, o objetivo do projeto era também levar um pouco de alegria em um momento delicado como o da pandemia da Covid-19.

Ingredientes orgânicos, massa crocante, tomates DOP e muçarela premium: todos os elementos das receitas originais dos restaurantes estavam lá.

“É a mesma pizza vendida no restaurante, com a mesma qualidade. Quero dar a essas pessoas a oportunidade de comer algo que eu sei que a maioria não teria acesso de outra forma”, explica Tanka Sapkota.

“Muitas famílias recebem e é uma alegria, especialmente para as crianças”, completa.

Além da confecção das massas, era preciso vencer um outro desafio logístico: para garantir a qualidade da pizza, ela tem de chegar ainda quente aos consumidores.

Forno é transportado pela cidade e assa as pizzas em cerca de 1,5 minuto | Foto: Divulgação

O primeiro passo foi comprar um forno profissional especial e “portátil”, que podia ser transportado para as imediações da área de distribuição das refeições.

A Câmara Municipal de Lisboa (equivalente à Prefeitura), encarregou-se da distribuição das pizzas, em parceria com instituições de apoio que já operavam no atendimento às famílias carentes. A seleção dos contemplados foi feita com base em cadastros pré-existentes do município.

A crise econômica causada pelo novo coronavírus fez disparar o desemprego em Portugal. A busca por programas de distribuição alimentar subiu de forma inédita, inclusive com profissionais liberais e pessoas da classe média.

RETRIBUIÇÃO

Nascido no Nepal, o chef Tanka Sapkota diz querer retribuir de alguma forma a Portugal, país que o acolheu há 26 anos.

Dono de quatro restaurantes na capital portuguesa –Forno D’Oro, Comme Prima, Il Mercato e Casa Nepalesa-, Sapkota é referência em culinária italiana na cidade.

Sua relação com o universo das massas e da culinária da Itália começou durante um estágio na Alemanha. Anos depois, formou-se na prestigiosa escola de culinária Gambero Rosso, em Roma.

“Fazer alguma coisa pelos outros quando está tudo bem é fácil. É nos momentos difíceis que a nossa ajuda faz diferença”, diz o chef, enquanto prepara umas das 150 pizzas que distribuiu na noite de quarta-feira (8), nas imediações da freguesia da Estrela.

Segundo ele, foi justamente com esse discurso que ele convenceu sua mulher, Sita, a embarcar no projeto. Todos os custos de produção ficaram a cargo do empresário.

Apesar da hesitação inicial, a família toda se envolveu no projeto, inclusive os filhos do casal, que, empolgados, ajudavam a distribuir as caixas de pizza entre os voluntários. Com informações de Folha de S. Paulo.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •