Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O programa Cidade Alerta, da RecordTV, foi detonado pela filha de um homem cuja história era divulgada pelo telejornal, na terça-feira (09/06). Ao vivo, a chamada na tela dizia: “Agiota encontrado morto, há relatos de briga com amante”.

Contudo, ao entrar em um link direto com Luiz Bacci, a filha do homem, Amanda, se revoltou com a situação e desmentiu a notícia de que o pai era agiota.

“Eu perdi meu pai hoje e eu não tô vendo um pingo de respeito aqui, vocês falando que ele era agiota. Como assim? De onde vocês tiraram isso?”, questionou ela, chorando.

A repórter em cena tentou se desvencilhar da situação: “Vamos focar no mais importante, que é descobrir quem matou o seu pai”. Do estúdio, Bacci afirmou: “Eu tenho total em ser transparente e total interesse do Cidade Alerta de ser transparente”.

Ainda em entrevista com a filha do homem morto, a repórter contou de onde tirou a informação. “A polícia não confirma essa informação, mas eu conversei com vizinhos que conheciam o Josenildo”, declarou.

Diante disso, Amanda tornou a chorar e dizer: “É Josivaldo! Eu não sei nem o nome dos vizinhos. Eu moro em casa de aluguel. A Record eu achei que era um jornalismo mais responsável”. “É o pingo de respeito que tem que ter, eu tô sentindo uma dor agora. Tiraram a vida do meu pai, vocês tão denegrindo a imagem do meu pai”, concluiu. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •