Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Passar muito tempo sentado tem uma relação direta com o aumento no risco de morte. Segundo o estudo publicado no Journal Medicine & Science, a cada hora assistindo TV, cresce em 12% o risco de morte por doenças inflamatórias. “E como a maioria da nossa população fica entre 9 e 12 horas por dia sentada, os riscos decorrentes desse comportamento sedentário estão associados a efeitos indesejáveis à saúde, entre eles, pressão alta, obesidade, síndrome metabólica, doenças do coração e câncer”, alerta Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech Company.

O uso das novas tecnologias, em casa ou no local de trabalho, contribui muito para aumentar cada vez mais os comportamentos sedentários. E como podemos reverter esse surpreendente quadro? Um estudo realizado por Dempsey em 2016 sugere que a cada 30 minutos sentados, devemos tentar nos movimentar. Fazer uma caminhada ou movimentos simples, de intensidades leves e moderadas. Ao adotar esse comportamento estamos influenciando positivamente nossa saúde e evitando algumas doenças cardiovasculares e metabólicas.

“Novas evidências surgem indicando uma forte associação entre o estilo de vida sedentário e doenças cardiovasculares. Dentro desse contexto trago cinco recomendações simples e eficazes para amenizar os efeitos de ficar sentado”, ressalta Netto.

1) Levante-se e ande pela residência ou trabalho a cada 30 minutos;

2) No local de trabalho ao invés de se comunicar por e-mail com os colegas, procure se locomover e dirija-se até eles;

3) Ao utilizar meios de transporte, procure estacionar o carro sempre um pouco mais longe do seu destino final. Caso utilize transporte público, uma opção é descer um ponto antes e ir caminhando até o destino final;

4) Em casa, ao assistir TV, nos intervalos do programas, levante e de uma volta em sua residência;

5) Durante a leitura, a cada 4, 6 ou 8 páginas, procure se levantar para caminhar pelo ambiente;

“As dicas são simples e fáceis de serem colocadas em prática. O objetivo é realmente ajudar a modificar seu perfil metabólico, adicionando mais movimento a sua rotina diária. É importante se manter ativo para não colocar a vida em risco”, lembra Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech Company.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •