Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A centenária sede do Nacional Futebol Clube passará a ser patrimônio histórico e cultural de Manaus, graças ao Projeto de Lei Nº 032/2020 da vereadora Professora Jacqueline (Podemos), aprovado na Câmara Municipal de Manaus (CMM). A matéria segue para a sanção do prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), após receber parecer favorável da Comissão de Cultura e Patrimônio Histórico da casa legislativa.

A proposta tem como finalidade proteger o conjunto da edificação que compõe a sede do Nacional Futebol Clube, fundada em 13 de janeiro de 1913 e situado na rua São Luís, 230, Adrianópolis.

De acordo com a vereadora, a centenária trajetória esportiva do Nacional, é parte da história do futebol amazonense e seu legado de conquistas, na construção de um patrimônio cultural e esportivo na cidade de Manaus.

“A sede do Nacional que ficou conhecida há décadas pelo incentivo ao esporte profissional e amador deve ter uma conservação estética, histórico e natural do imóvel”, acrescenta Jacqueline.

O diretor do clube, Raimundo Nonato Cordeiro, valoriza a intenção do tombamento. “A importância desse tombamento é para garantir a preservação do seu patrimônio em prol da comunidade, da sua imensa torcida. A sociedade amazonense só tem a ganhar com um bem histórico por ser um clube centenário”, explica.

Em decorrência do tombamento efetuado por esta Lei, ficam vedadas a demolição e a descaracterização da edificação, sendo admitida a utilização da mesma apenas para fins educacionais, artísticos, históricos e/ou culturais.

Recentemente as dependências do clube passaram por uma sanitização para retomada das atividades. As aulas da Escolinha preparatória de futebol retornaram no último dia 13, após recesso por conta da pandemia.

Disputa

O Nacional Futebol Clube vai disputar a fase preliminar da Série D do Campeonato Brasileiro. O próximo jogo será contra o Ji-Paraná de Rondônia e está marcado para o dia 6 de setembro.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •