Teste de hanseníase. Fotos: Marinho Ramos
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em alusão ao Dia Nacional de Combate e Prevenção da Hanseníase, que é celebrado todos os anos no último domingo de janeiro, a Prefeitura de Manaus vai promover no sábado, 25/1, das 8h às 12h, uma ação de saúde no bairro Colônia Antônio Aleixo, na zona Leste de Manaus.

Durante a ação coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a população terá acesso a serviços de triagem dermatológica com exame de pele para detecção precoce de casos suspeitos de hanseníase, incluindo, quando houver necessidade, atendimento com médico dermatologista, contando com o apoio de profissionais da Fundação Alfredo da Matta (Fuam) e do Distrito de Saúde Leste.

A chefe do Núcleo de Controle da Hanseníase da Semsa, enfermeira Ingrid Simone Alves dos Santos, informa que o foco principal da ação é a prevenção e detecção de casos novos de hanseníase, mas que a programação também vai envolver a oferta de serviços como atendimento com médico clínico geral, além de busca ativa de casos suspeitos de tuberculose, testagem rápida para HIV, sífilis e hepatite, exame preventivo, imunização, acompanhamento do Programa Bolsa Família e Leite do Meu Filho, dispensação de medicamentos, aferição de pressão arterial e glicemia capilar.

Os serviços serão ofertados em espaços disponibilizados pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), no Centro de Reabilitação e a Policlínica Antônio Aleixo; pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), na Escola Violeta Areosa; e na sede do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), localizados na rua Menandro Tapajós, na Praça Central do bairro Colônia Antônio Aleixo.

“São instituições parceiras da Semsa na promoção da ação de saúde e que também irão colaborar na oferta de serviços para a população”, informou Ingrid.

Segundo ela, o Morhan disponibilizará profissionais para atendimento social, psicológico e assessoria jurídica, e o Clube de Mães Nossa Senhora Aparecida vai colaborar com a oferta de corte de cabelo, manicure e designer de sobrancelhas.

Haverá ainda distribuição de mudas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e emissão de documentos por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), tendo o apoio da Polícia Militar.

Janeiro Roxo

A programação no bairro Colônia Antônio Aleixo faz parte da campanha Janeiro Roxo, executada durante todo o mês pela Prefeitura de Manaus para reforçar as ações de prevenção e detecção precoce da hanseníase, doença infecciosa crônica, causada pelo bacilo de Hansen (Mycobacterium leprae).

A transmissão se dá quando uma pessoa doente, independente da idade, elimina o bacilo por meio de secreções nasais, tosse ou espirro. A fase inicial dos sintomas ocorre entre dois a sete anos a partir da contaminação, e muitas vezes não são identificados pela população: manchas avermelhadas, esbranquiçada, amarronzadas; diminuição ou ausência de sensibilidade (manchas dormentes); queda ou diminuição dos pelos e ausência ou diminuição do suor, entre outros.

“A detecção precoce da doença é essencial para interromper a cadeia de transmissão, já que o paciente deixa de transmitir a doença após o início do tratamento medicamentoso”, explica Ingrid.

Casos

Em 2019, o município de Manaus notificou 128 casos novos de hanseníase, com uma taxa de detecção geral de 5.85/100 mil habitantes, sendo oito casos novos em menores de 15 anos, com uma taxa de detecção de 1.33/100 mil habitantes, de acordo com o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan/Ministério da Saúde).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •