Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A eleição para escolha dos novos dirigentes do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), para o biênio 2020-2021, acontecerá no dia 15 de outubro.

Mário Manoel Coelho de Mello que foi empossado dia 3 de setembro de 2015, como conselheiro do TCE por indicação da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), será aclamado presidente do órgão. Atualmente, Mário Mello, é vice-presidente do órgão.

Enquanto o nome do presidente será definido pelo critério do rodízio, o cargo de vice-presidente será disputado no voto. Dois conselheiros querem a vaga: Antônio Julio Bernardo Cabral, 65 anos, e filho do ex-senador Bernardo Cabral, Júlio Assis Corrêa Pinheiro, 58 anos.

Cabral já presidiu o TCE no biênio 2006/2007 enquanto Júlio Pinheiro também já esteve a frente a Corte de Contas nos anos 2010/2011.

Além da eleição da nova direção serão definidos, também, os presidentes da Primeira e Segunda Câmara, colegiados que apreciam, em sua maioria, processos relativos às aposentadorias e convênios.

A posse dos conselheiros eleitos acontecerá no dia 16 de dezembro, no Teatro Amazonas.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •