Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Manaus-AM | O acordo de cooperação técnica assinada na manhã da quinta-feira (30), pelo Diretor da Escola Superior da Magistratura do Amazonas (ESMAM), desembargador Yedo Simões e pelo Reitor da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Professor Doutor Silvyo Puga é a segunda parceria firmada, só esta semana, pela instituição responsável pela formação de Magistrados no Amazonas.


Participaram do ato, a Dra.Ana Lúcia Borges; a juíza de Direito Lídia de Abreu Carvalho; o Coordenador do Programa de Pós em direito da UFAM, Adriano Ferreira e o Diretor da Faculdade de Direito da UFAM, Carlos Alberto Ramos Filho.


O Termo tem como objetivo oferecer cooperação técnica, científica, acadêmica e cultural, bem como, o intercâmbio de conhecimentos, informações e experiências, além de realização de cursos de especialização, edição de coletâneas de livros, organização de cursos, palestras e eventos integrados com matérias afetas às atividades dos partícipes, entre outros. O prazo de vigência do convênio é de 24 meses.


Durante a assinatura foi anunciado pelo Coordenador do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal, Adriano Ferreira, que será o coordenador dessa parceria com a ESMAM, a realização de três cursos de pós-graduação, sendo eles em Direito e Saúde, Soluções Adequadas de Conflitos e Direito Civil e Direito do Consumidor em tempos de Pandemia, com duração de 360 horas/aulas cada. “A cooperação já tem por objetivo imediato lançar editais para três especializações com foco principalmente nas questões jurídicas, relativas a esse momento em que passamos de pandemia”.


Para o Diretor da ESMAM, a parceria firmada é um avanço importante para garantir a realização de mais ações formativas, “essa é uma parceria vitoriosa com uma instituição que é muito respeitada no Amazonas e que vai trazer grandes benefícios na formação, atualização e capacitação dos magistrados, servidores do TJAM e público em geral”.

O Diretor da Faculdade de Direito, destacou que a ESMAM, já vem há algum tempo colaborando com a formação jurídica dos magistrados e dos operadores do Direito no Estado. A a UFAM é uma instituição centenária e “essa parceria vai render muitos frutos com a realização de pós-graduação latu senso abertas para a comunidade em geral”.


O Reitor da UFAM destacou a importância do acordo, lembrando que a Faculdade de Direito é a célula mater da UFAM. “Há 111 anos atrás Eulálio Chaves e um grupo de pensadores sonharam em construir uma universidade na Amazônia. Desde então, a Faculdade vem cumprindo com sua missão, formando bacharéis em Direito e agora com esse acordo com a Escola da Magistratura ratificamos esse compromisso histórico da Faculdade em o levar conhecimento e qualificar os quadros na área do Direito”.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •