Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O vereador Coronel Gilvandro Mota (PSBD) se pronunciou durante a sessão plenária virtual da Câmara Municipal de Manaus (CMM) e manifestou sua preocupação com a reabertura dos estabelecimentos comerciais na cidade de Manaus. Para o vereador, ainda que essa reabertura esteja sendo realizada de forma gradual, é preciso cautela uma vez que grande parte da população não vem cumprindo as recomendações quanto ao uso de equipamentos de proteção individual na circulação pelos espaços públicos.

“Estou imensamente preocupado com isso. Entendo que a reabertura é necessária, mas a população precisa estar atenta aos devidos cuidados para que esse retorno não venha promover um novo pico desta doença. Observando o que aconteceu hoje nos terminais de ônibus, fico assustado porque é verdadeiramente preocupante. Ônibus absolutamente lotados, pessoas sem nenhuma proteção. Isso tudo pode agravar a pandemia, e a nossa rede de saúde que não é tão boa assim, novamente não vai conseguir suprir a demanda, com isso teremos que paralisar novamente as atividades”, disse.

O parlamentar pediu prudência com relação a esse momento. Ele também destacou que é preciso urgentemente regulamentar a utilização dos equipamentos de proteção, que devem ser obrigatórios para a população durante essa retomada das atividades. Gilvandro também pediu cautela quanto ao retorno das atividades na Câmara Municipal de Manaus, já que é necessário um estudo técnico para que essa retomada não venha a causar danos, principalmente para os assessores e demais funcionários da Casa Legislativa.

“Eu não vejo essa ideia de abertura híbrida como uma coisa boa, pois a gente acaba não participando na mesma sintonia. Penso que não podemos nos apressar, já que há tempo para isso. A nossa atividade é importante, é fundamental, é essencial, mas temos essa possibilidade de utilização da internet para promover as nossas sessões”, finalizou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •