Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quase 50 pessoas, entre civis e militares de outros Estados, receberam na noite desta sexta-feira, 11, a Medalha “Imperador D. Pedro II”, a mais alta comenda do CBMAM e a Medalha do Mérito Bombeiro Militar “Leogevildo Coelho”. A solenidade encerrou a “Semana dos Bombeiros” e comemorou os 138 anos de criação do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas.

“O Corpo de Bombeiros Militar é uma instituição voltada para o bem. Chegamos no comando desta corporação com a missão de melhorar e evoluir. Os ajustes já estão sendo feitos na tropa, com promoções, a entrada de novos militares, com novo nível de proteção alimentar, novas bases no interior e novos equipamentos como o helicóptero multimissão. Vamos avançar”, enfatizou o Comandante Geral do CBMAM, coronel Roberto Rocha.

Entre os agraciados, os Comandantes dos Corpos de Bombeiros dos Estados do Pará, Maranhão, Tocantins e Acre.

“É um momento muito especial na minha carreira. Em 27 anos de trabalho, ser homenageado no Estado vizinho é uma honra”, afirmou o Comandante do Estado do Acre, coronel José Alberto da Silva.

Para a soldado Gisely Ventura, que atua diretamente como agente de Defesa Civil, realizando o monitoramento climático do Estado, a honraria representa o reconhecimento de um trabalho voltado a população, principalmente em situações de emergência.

“Eu recebo essa medalha com muita gratidão a Deus e ao nosso Comandante que nos deu essa oportunidade. Essa condecoração representa o reconhecimento de um trabalho de oito anos”, finalizou a militar.

A solenidade foi realizada no Quartel Geral do CBMAM, localizado no bairro Petrópolis. Para encerrar a evento, a tropa fez um desfile militar e apresentou os principais batalhões que atuam no Estado, na missão de salvar vidas.

Histórico das Medalhas

A Medalha “Imperador D. Pedro II” foi instituída pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, através do Decreto n°. 25.717, de 09 de março de 2006, sendo modificada pelo Decreto n°. 27.843, de 27 de agosto de 2008 e é destinada a premiar Oficiais Superiores do CBMAM, militares das Forças Armadas ou Auxiliares e cidadãos, que tenham prestado notáveis serviços à corporação. Do mesmo modo, a Medalha do Mérito Bombeiro Militar “Leogevildo Coelho”, a segunda maior comenda da instituição, destina-se a premiar bombeiros civis e militares da própria corporação, que tenham contribuído para o fortalecimento, progresso e o desenvolvimento do CBMAM perante a sociedade amazonense.

Conquistas

Em 2014, o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas trocou de comando. Há três meses à frente da corporação, o Comandante Geral, coronel Roberto Rocha, já conseguiu implantar duas novas bases no interior do Estado. O municípios de Rio Preto da Eva e Tabatinga contam agora com estrutura física e pessoal para o atendimento de situações de emergência, diminuindo positivamente o tempo-resposta da corporação diante das ocorrências.

Além disso, o CBMAM conta agora com um helicóptero multimissão, para o resgate de vítimas em estado grave em toda a Região Metropolitana de Manaus-RMM, que necessitam do deslocamento imediato para as unidades hospitalares.

Ainda no mês de abril, a corporação reforçou o efetivo, com a entrada de 269 soldados, que estão atuando em diversos setores, para melhor atender a sociedade, elevando para 768 o número de bombeiros militares no Amazonas.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •