Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com grandes nomes do voleibol brasileiro e um dos principais formadores de atletas da modalidade, o Sada Cruzeiro terá no elenco 2020/21 mais três grandes promessas. Formados na base do clube, o oposto Oppenkoski, o líbero Lucas Bauer e o levantador Rhendrick integrarão ao grupo principal ainda em idade sub-23.

Emprestado ao América Vôlei na última temporada, Rhendrick formará a dupla de armadores ao lado de Fernando Cachopa, levantador titular do Cruzeiro. Aos 21 anos, Rhendrick teve em 2019 sua primeira oportunidade com a seleção brasileira principal. Com passagem pelo JF Vôlei, Lavras e emprestado para o América até o ano passado, onde foi titular na Superliga, faz parte da base da Raposa desde 2016.

“Estou muito feliz de estar voltando ao Sada, empolgado de poder mostrar o meu trabalho para o time e para todos os nossos torcedores. Acredito que ganhei muita experiência nesses anos em que estive fora, joguei edições de Superliga e enfrentei grandes adversários. Acho que consegui aproveitar ao máximo e sei que tenho muito o que evoluir ainda. Estou com os pés no chão para aprender muito com o Cachopa e com o Marcelo, com a comissão técnica e todo o grupo”, comentou o jovem levantador.

Retornando também do empréstimo ao América Vôlei, Lucas Bauer será o segundo líbero da equipe nesta temporada, aos 20 anos. Lucas passou a última temporada no América ganhando experiência depois de fazer parte das equipes infanto, juvenil e de vestir a camisa do time principal da Raposa em 2018/19. 

Já o oposto Oppenkoski, aos 20 anos, agora será o segundo oposto do clube, que tem Alan como titular. Oppenkoski fez parte do elenco na última temporada do Sada Cruzeiro e chegou a ser utilizado pelo técnico argentino Marcelo Mendez algumas vezes. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •