Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – Parte da torcida do Palmeiras segue indignada com o desempenho do time e a falta de títulos na temporada 2019. Nesta quarta-feira, um pequeno grupo de uma organizada voltaram a protestar contra a equipe e a diretoria, desta vez em frente à Academia de Futebol.

Pouco depois de meio-dia surgiram os manifestantes. Fantasiados de banana e presidiários, eles abriram faixas contra o presidente Maurício Galiotte e o diretor Alexandre Mattos (com frases “Mattos Ladrão” e “Maurício Banana”) e soltaram alguns gritos isolados. Como já estava prevista esta ação, a segurança no CT foi previamente reforçada.

A reclamação dos torcedores é pela falta de pulso da diretoria em algumas ações. No início desta semana, foram despejadas bananas em frente à empresa de que Galiotte é sócio.

O Palmeiras viaja nesta quarta-feira para o Rio de Janeiro. Na noite desta quinta-feira, a equipe enfrenta o Fluminense, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •