Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – O técnico Cuca fez um balanço das duas semanas de trabalho no CFA Laudo Natel, em Cotia, onde o elenco do São Paulo ficou concentrado de maneira integral realizando intertemporada. Se preparando para o reinício do Campeonato Brasileiro, o Tricolor, aos olhos de seu comandante, parece pronto para, enfim, corresponder às expectativas de seus torcedores.

“Essas duas semanas para nós foram muito importantes tanto no aspecto integração quanto no aspecto equilíbrio de grupo, e isso você só consegue se tiver tempo. Como a gente teve esse tempo, trabalhou muitas das vezes em dois períodos, usufruindo da estrutura, que é a recuperação do atleta, alimentação, repouso. Foi mais ou menos um abastecimento para você tocar até o final do ano”, disse Cuca à Spfctv.

Durante todo esse período, o São Paulo só abriu as atividades à imprensa em um dia. Em todos os outros o elenco trabalhou de portões fechados, com privacidade total para que Cuca pudesse realizar os ajustes que julgava necessários e usufruísse de toda a estrutura do CFA Laudo Natel, que impressiona.

“A estrutura é muito boa, não conhecia, é maravilhosa. Você tem tudo o que é necessário para desenvolver um trabalho, e ele foi desenvolvido. Os jogadores se doaram ao máximo, o Hernanes, que não tinha tido uma sequência de treinamentos fortes devido à lesão que teve, o Pato, recém-chegado da China, o Tchê Tchê… esses jogadores hoje atingiram um outro nível físico. Você ter a força no futebol é fundamental, tão importante quanto os demais fatores. Hoje conseguimos dar um equilíbrio, não treinei só o time principal, treinei todos, então todos estarão em condições melhores”, prosseguiu.

Nesta semana o São Paulo voltará a trabalhar no CT da Barra Funda, onde Cuca comandará os últimos treinos antes de sua equipe, enfim, voltar a disputar uma partida oficial, o que acontece no próximo sábado, às 19h (de Brasília), contra o Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro, no estádio do Morumbi.

“Na última semana você entra mais na parte tática, diminui um pouco a parte física. Futebol não é uma ciência exata que você pode chegar e dizer que agora vamos vencer, mas nos preparamos melhor”, concluiu Cuca.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •